Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
Exercícios físicos: bons para os jovens, excelentes para os idosos
 

A realização de exercícios físicos é uma recomendação feita por praticamente todos os médicos, a todos os indivíduos. Sua prática está associada a uma gama enorme de benefícios para a saúde, incluindo o bem estar físico e mental. Dentre aqueles que praticam atividade física regularmente, sem dúvida alguma a maior parcela é composta por jovens. Seja devido à propaganda feita pela mídia do ‘culto ao corpo perfeito’, seja pela maior conscientização, o que leva aos jovens, em idades cada vez mais precoces a freqüentarem academias e realizarem esportes, algo que, de certa forma, traz certos benefícios à saúde. Mas e em relação aos idosos, será que o exercício físico também acarreta bons resultados ao corpo e à mente? Interessada pelos impactos da atividade física sobre os indivíduos mais velhos, a revista Medicine & Science in Sports & Exercise de agosto deste ano, publicou os resultados de um estudo sobre o tema. A pesquisa foi composta por homens e mulheres, com idades entre 65 e 92 anos, que não apresentavam depressão ou demência e que praticavam exercícios físicos regulares há aproximadamente 3 a 5 anos. Todos foram submetidos a testes para a avaliação da inteligência e da capacidade física. Os autores observaram que a realização de exercícios físicos, entre os mais velhos, parece estar associada significativamente a uma boa performance, tanto física quanto mental, inclusive para idades mais avançadas. Os pesquisadores acreditam que essa influência positiva da atividade física seja decorrente de uma estimulação do lobo frontal – uma região do cérebro implicada na execução e na cognição – que, com o evoluir da idade, sofre um declínio funcional. O exercício físico retardaria a evolução natural do envelhecimento dessa parte do cérebro. Portanto, se a recomendação para a prática de exercícios físicos é boa para os jovens, sem dúvida é excelente para os idosos, devendo ser incentivada. Fonte: Medicine & Science in Sports & Exercise; 39 (8): 1408 – 14016 (August 2007)

 
Fonte:
Data: 10/9/2007
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.