Home
Família
Religiões
Pesquisa
Serviços
Busca
Info
Família Religiões Serviços Busca Pesquisa Info
 
 
Espelho: Reflexo e Superstição
 

Inicialmente as pessoas viam os seus reflexos em rios e chapas de metais. Até que os primeiros espelhos começaram a ser fabricados rudemente. Eles eram feitos com bronze e cobre. Porém, apenas entre 1300 e 1500 d.C. que eles passaram a ser feitos da forma como conhecemos hoje. Eles eram de vidro e com uma fina camada de prata. Logo no início eles eram feitos artesanalmente e acredita-se que a Itália tenha sido o primeiro a país a produzi-los. Existem alguns tipos de espelhos, entre eles estão os planos que são os mais comuns, além dos côncavos e os convexos. Mas, não apenas a sua origem é antiga, as crenças acerca desse produto também remontam os primórdios da humanidade. Quem já não ouviu que quebrar um espelho dá 7 anos de azar? É provável que a superstição teve início com os gregos que previam a sorte olhando em pratos fundos feitos de vidro. Quando esses pratos se quebravam, diziam que a pessoa teria má sorte ou que morreria em pouco tempo. Sobre a má sorte, a crença teria vindo dos romanos que acreditavam que duraria 7 anos pois os ciclos da saúde mudavam de tempos em tempos, mais exatamente nessa quantidade de anos. A partir disso, começou-se a acreditar que um espelho quebrado significava 7 anos de azar.

 
Fonte:
Data: 29/1/2007
 
 

Voltar

 
 
 
 
 
 
 
 

Copyright ©2002 - Vida Perpétua Serviços S/C Ltda.